Início GERAL Empresários registram crescimento de mais de 30% do turismo na Serra da Canastra em agosto de 2018
Empresários registram crescimento de mais de 30% do turismo na Serra da Canastra em agosto de 2018

Empresários registram crescimento de mais de 30% do turismo na Serra da Canastra em agosto de 2018

0
0

Um dos destinos mais procurados por turistas no Centro-Oeste de Minas, a Serra da Canastra tem registrado um crescimento no número de visitantes. De acordo com a Associação de Turismo da Serra da Canastra (Atusca), em agosto, a procura pela região em agosto superou o registrado no mesmo período de 2017 em mais de 30%.

Destaque pela diversidade da fauna e da flora e pelas centenas de cachoeiras, a área é conhecida, principalmente, por abrigar o Parque Nacional da Serra da Canastra que, no final do último mês enfrentou um incêndio durante quatro dias.

De acordo com a empresária e também presidente da Atusca, Daniela Labonia, mesmo com o registro de queimada no parque, durante o qual parte das entradas foi fechada, o ano de 2018 está sendo considerado pelo setor melhor do que o de 2017.

“Observamos que a demanda turística aumentou muito, talvez devido à quantidade de feriados que tem no ano de 2018 e ao número de propagandas e programas de televisão que estão sendo gravados na região da Canastra”, comentou Daniela.

Parque

Criado em 1972, o Parque Nacional da Serra da Canastra tem 71.525 hectares demarcados e integra o território de três municípios: São Roque de Minas, Sacramento (Alto Paranaíba) e Delfinópolis (Sul de Minas).

No local, há um conjunto de piscinas naturais e o rio corre calmo, formando o volume de água que segue o curso até a queda da Casca D’Anta, um dos principais cartões postais da região. Por ali, também há um mirante, de onde é possível ver todo o Vale da Chapada da Babilônia.

O parque também abriga, na parte de São Roque de Minas, a nascente do Rio São Francisco, o “Velho Chico”- o maior rio totalmente brasileiro, cuja bacia hidrográfica abrange 504 municípios de sete unidades da federação.

Fonte: G1 – Centro Oeste